Saturday, October 24, 2015

GILBERTO GIL MORA NO IPHONE DE LEONARDO LEO.
Você já baixou Gilberto Gil? Baixei hoje, em meu terreiro de Cupertino. Até aqui, Cupertino era a cidade mais cool da Califórnia, onde a Apple inventa e desenha seus produtos. Depois que baixei o app do Gil, Cupertino virou nome de cidade do interior da Bahia. Gilberto Gil veio morar no meu iPhone.Já morei em Tantos lugares e sempre ouvi o cara. Sua poesia sempre rodeou minha vida em seus diversos momentos.... bons e ruins, fazendo os ruins serem menos ruins e muito breves também.
A música  te dá isso: para quem consegue, é um "flit paralisante" ( cazuza) que anula o baixo astral e te dá as imagens, os sabores.
Agora moro entre Londres e Los Angeles, e Londres (RISOS)....uma cidade muito mais gentil comigo do que foi com ele. Tentei fazer um reparo, e dei aos famosos tijolos londrinos apressados na janela do taxi uma canção cheia de abraços.

Enfim....Dia desses, no trajeto de volta para casa vindo do Hyde Park, vi que lançaram o app do Gil. Baixei, e pude ver suas fotos, biografia, todas as canções para ler e ouvir, notícias suas. Um reencontro daquela história com essa cidade, daquele tempo com este. Do mar de Ipanema , da terra do Mickey ( onde também morei) e aqui a terra da Rainha. Da cibernética no aeroporto de Los Angeles com a tecnologia de Cupertino.
Da ginga de Realengo ao sarcasmo inglês. Enfim....Eu carrego Gil no bolso.Eu escolhi meu nome Artistico, pseudônimo, só para imitar Gil, assim como Cazuza me disse uma vez em uma mesa de bar no baixo Leblon que imitava Luiz Melodia e Angela Ro Ro. sua voz carrega tudo isso. Nossas vidas e nossas cidades sem cheiro de passado.