Thursday, August 6, 2009

SER "Carioca", é ser como? um papo sem pe nem cabeca em uma rua da Florida.

Um amigo aqu dos states me disse outro dia uma coisa que bateu no peito: disse ele- cara, sabia que a maioria dos cariocas não sabe o valor de ser carioca?? ,eles sabem somente de um dos lados da cidade, e ser carioca é uma diplomação para se viver em qualquer lugar do mundo !.Como carioca de Ipanema, ele deu seu testemunho. Eu, carioca nascido em Botafogo,que viveu na baixada ate a familia fincar bandeira na Barra em 1985,passo aqui para voces a minha versão desse importante papo,resumido, é claro.ele continua falando (risos), :

"O carioca que se preza transita não somente onde nasceu...se é de Ipanema, tem que ir para a Barra, para Vila isabel, para a baixada.Eu sempre fiz isso,saia da barra para ir comer na Baixada, e quando vivi na baixada, ia para ipanema como se ia para nova iguaçú.

O carioca que souber aproveitar essa versatilidade que a cidade ofereçe, sai diplomado em todo tipo de malandragem, no bom sentido do termo: tem que pegar um pouquinho de cada coisa..ir ao samba na Portela,na mangueira,ir a lapa, ainda que essa de plastico, de hoje em dia...mas que dá para o gasto.Tem que ir aos lugares que as revistas não mostram.

ai eu emendei:

""Carioca que é carioca vai a praia, toma uma cerveja,mas também malha, se cuida, sabe se mexer pela cidade.Vai da pavuna a barra numa boa, ele é o cara que é bem chegado, tem "contexto" em todo canto,e quando chega no samba, mesmo sendo branquelo e sem jeito de "bamba", é considerado pela "velha guarda" como um cara esperto!.É o cara que come a feijoada e bebe a cerveja seja no geros, ou na tia doca, lá em madureira...come no porcão de ipanema mas tambem no "podrão"da praça saens pena.""

Aí, depois de umas 2 horas de papo, regados a um bom whisky escoces 12 anos, e muitos "belisquetes" depois, ficamos eu e o "figuraça" do meu amigo (amigo mesmo, coisa de 10 anos de amizade, já que foi o primeiro cara que conheci aqui na Florida quando cheguei por estas plagas, em 2001, 1 semana depois de ter casado) pois é, ficamos olhando a rua em frente ao bar em que estavamos,na International drive, e ele vira e entra com essa: "voce é um cara carioca , eu não!" aí eu viro e digo : "é...eu tenho meus momentos cariocas, tenho amigos em quase todas as areas do rio,ja desfilei em TODAS as escolas de samba em um unico dia, e assisti a os 2 dias de desfiles NA PISTA do sambodromo,passei uma madrugada inteira ouvindo um show particular de TIM MAIA no apartamento dele,tomando jack daniels, eu e o Alex Mello (testemunha ocular). mas VOCE é o cara!, voce nasceu e viveu em ipanema ate vir para os EUA,voce vieu o desbunde dos anos 70,voce comeu a fulana de tal, que todo o brasil queria comer ! porra !(mais risos)". Bom, pra finalizar essa cronica carioca descompromissada de hoje, ele fecha com essa: "mas voce fala giria,e namorou atriz da globo. eu não...porra!" ou seja, papo de bebum, que não deu em lugar nenhum!


P.S : dedico essa cronica para Alexandre wannick e Marcio "urso"alcantara, que assim como esse amigo do papo acima, tambem sao cariocas da "gema", e de alma, e tambem curtiram,e curtem, COMIGO, muitos momentos cariocas. cheers ! !

********
Estive em toronto, no canada, essa semana que passou, por 4 dias, e fiquei admirado como uma cidade pode ser tão linda...a cada dia que passa mais vejo que existem várias "cidades do meu coração"..daqui há uns 5 anos, elegerei a que me for melhor e então fincarei bandeira para sempre...mas dessas todas, los angeles ainda está liderando, com orlando em segundo e san francisco em, terceiro.

********
hoje é só, amanha tem a coluna que dá continuidade aos grandes personagens de ipanema. amanha....TOM JOBIM E RONALDO BOSCOLI.